TAG 8 coisas

Eu quase não respondo TAGs pelo blog, geralmente faço isso no meu canal do Youtube. Mas essa TAG é muito longa e bem abrangente, aí resolvi escrever por aqui já que é mês de BEDA e preciso de muita pauta *cof cof*. 🙂

Então, a tag de 8 coisas:

8 coisas para fazer antes de morrer:

– fazer um mochilão pela Ásia;
– fazer a trilha Inca, no Peru;
– me amar do jeito que sou, sem neuras por causa do meu corpo;
– viver em uma ecovila;
– acampar (acredite, eu nunca acampei!);
– conhecer a Floresta Amazônica;
– adotar a bicicleta como meu meio de transporte principal;
– mergulho.

8 coisas que você ama:

– meus gatos;
– ler;
– viajar/conhecer lugares;
– comer (e cozinhar) comidas diferentes;
– arte;
– cheiro de terra molhada;
– olhar o mar sentindo a areia nos pés;
– andar de bicicleta.

8 coisas que você odeia:

– gente preconceituosa (homofóbicos, machistas, lesbofóbicos, racistas…);
– pessoas que apontam as coisas com objetos (guarda chuva, por exemplo);
– desperdício;
– injustiça;
– gente falsa;
– cheiro de cigarro;
– lavar louça;
– atraso.

8 coisas que você fala:

– tchê!;
– ôchi;
– meu c* num palito (é, eu falo muito palavrão);
– não é mesmo?;
– aaaai, que dor de cabeça (quase todo dia 🙁 );
– ah tá;
– perereca (chamo tudo quanto é bichinho bonitinho de pererequinha);
– bah, nem fala.

8 makes/roupas que você não vive sem:

– camiseta;
– coturno;
– vestido soltinho;
– roupa preta/cinza;
– batom escuro;
– sombra marrom;
– moletom;
– saia.

8 objetos que você não vive sem:

– livros, livros, livros;
– meu macbook;
– minha mochila;
– meu material de desenho;
– meu robô aspirador :o;
– minha bicicleta;
– minha câmera;
– meu processador de alimentos.

8 filmes/livros/jogos/séries que você ama:

– Filme: Questão de tempo (2013);
– Filme: Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças (2004);
– Livro: 1984 (George Orwell);
– Livro: Senhor dos Aneis (Tolkien);
– Jogo: Zelda- A Link To The Past;
– Jogo: Harvest Moon;
– Série: Doctor Who;
– Série: Buffy, the vampire slayer.

8 lugares para visitar:

– Islândia;
– Vietnã;
– O condado (Nova Zelândia);
– México;
– Tailândia;
– Suécia;
– Ilha de Páscoa;
– Escócia.

Esse post foi inspirado na postagem da Bruna Morgan, também para o BEDA. Li o post dela, adorei a ideia e resolvi responder a TAG também.

3 coisas que me fazem feliz

Felicidade é algo muito engraçado. Ninguém é completamente feliz o tempo todo. Da mesma forma, ninguém é completamente triste o tempo todo. Mas, do jeito que as coisas andam, a maior parte das pessoas, na maior parte do tempo parecem estar infelizes. Tem tanta coisa errada no mundo, tanta coisa ruim acontecendo com uma porção de gente boa que às vezes parece que a infelicidade está ganhando essa batalha mística. No entanto, no meio da turbulência algumas pequenas coisas nos fazem recuperar a doçura, olhar para o mundo com mais leveza e sorrir.

Então eu resolvi prestar mais atenção nessas pequenas coisas que trazem felicidade (mesmo que momentânea) e hoje eu vou contar três delas:

  • o som do mar;
  • o vento;
  • o pôr-do-Sol.

Ouvir o barulho das ondas do mar quebrando na praia me traz no mesmo instante uma sensação de paz e eu logo começo a sorrir. Tenho certeza que esse é um dos meus sons preferidos no mundo.

E uma das coisas mais gostosas de estar ao ar livre é sentir o vento soprando, de leve, no rosto. Tirando os cabelos pra dançar. Eu me sinto livre, preste a voar junto com ele.

E o que dizer do pôr-do-Sol, não é mesmo. Ele merece ou não merece aplauso? É tão lindo. E cada lugar do mundo tem um mais lindo que o outro. Dá até vontade de chorar com tanta beleza…

Pareço meio Amélie Poulain? Que bom. Se tem uma coisa que essa francesa incrível (embora ficcional) me ensinou, é que precisamos estar abertos para os pequenos detalhes do nosso dia a dia. E você, quais as pequenas coisas que te fazem feliz?

Este post faz parte do BEDA (blog everyday in April).

Posts todos os dias em abril! Apresentação BEDA + VEDA

Então, eu resolvi postar todo dia em abril. No blog e lá no youtube! :0

O BEDA (blog every day in april/august) e o VEDA (vlog every day in april/august) já rolam há bastante tempo na rede. Em abril do ano passado eu me aventurei no VEDA e foi difícil pra caramba. Agora eu quero VEDA + BEDA. É, eu sei, é tenso. Será que dou conta?

Eu vou me desafiar a publicar 30 posts e 30 vídeos durante o mês. É um desafio bem grande para quem trabalha de 8 horas por dia, perde um tempinho considerável no transporte público entre Canoas e Porto Alegre e ainda precisa trabalhar em casa planejando aula e corrigindo tarefas dos alunos. Mas vou tentar com todas as minhas forças cumprir esse desafio. A ideia é que os posts aqui no blog saiam às 11 horas e os vídeos no youtube às 19 horas.

E para essa maluquice ficar bem bacana eu quero saber a sua opinião! Quais são os assuntos que você deseja ver por aqui? Vai ser um prazer produzir conteúdo especialmente para você!

E aí, vamos juntos neste BEDA + VEDA cheio de postagens? Aguardo você por aqui e nas redes sociais do blog! Não deixe de seguir o perfil do twitter e do Instagram e curtir a fanpage do Facebook! Assine o feed pra não perder nenhuma postagem. Ah, não esquece de ver a chamada para o VEDA que eu deixei lá no meu canal. 😉

De bicicleta pela Rambla | URUGUAI

Já faz quase uma no que estive no Uruguai, tanta coisa mudou desde então. Mas uma coisa não mudou nadinha. O amor que eu senti pelo paízito assim que coloquei meus pés em solo uruguaio. E estar no Uruguai e não provar as delícias tradicionais é quase como não ter ido.

Eu já não consumo tanta carne quanto consumia em Julho de 2016 (aliás o consumo de carne na minha vida é quase zero e esse processo de retirar a carne da minha alimentação vem ocorrendo há quase dois anos), mas editando o vídeo não pude deixar de lembrar do quanto foi bacana a experiência de comer no Mercado del Puerto, sair meio bêbada de medio medio e encerrar o almoço (caro, sim, mas delicioso) com um maravilhoso alfajor. E para encerrar com chave de ouro, fiz uma coisa que sempre quis fazer em todas as minhas viagens e por um motivo ou outro nunca fazia: alugar uma bicicleta para um passeio. E que passeio, andar pela Rambla por si só já é uma experiência maravilhosa, de bicicleta então, sem palavras.

Não consegue assistir? Assiste direto no Youtube e aproveita para conhecer o canal, tem vários vídeos bacanas por lá.

6 em 6 – março 2017

Opa, quase que não sai o 6 em 6 esse mês. Para variar um pouco eu não me programei e acabei esquecendo de fotografar, o que sobraram foram alguns registros toscos de eventos do mês… Teve muita tatuagem e cabelo novo.

Cabelo cacheado é novidade pra mim.

Desapego de livros na Redenção. Ainda tenho alguns se alguém quiser…

Fui tela pela primeira vez na vida e saí com essa maravilhosidade na perna! Feita pelo Eduardo (@eduardosuvorov).

Morcego mais do que lindo feito pela Tavia (@tavia.jucksch).

Filhos felinos, só porque eles são lindos.

Cabelo novo feito pelas mãos mágicas da Hanny (@hannybarcellos).

Projeto 6 on 6 é uma brincadeira simples. Você precisa postar seis fotos no seu blog, todo dia 6 do mês!

– Não precisa ter máquina fotográfica, foto de celular serve;
– Não tem um tema específico para as fotos, pode ser do que você quiser;
– Só precisa que você poste no dia 6, 6 fotos e mande o link para o grupo no Facebook!

Desafio Livrada e uma conversa sobre priorizar livros da própria estante

Reading Book Study Student from Thoroughlyreviewed.com

Reading Book Study Student from Thoroughlyreviewed.com

No ano passado eu resolvi participar do Desafio Livrada e adorei, apesar de não ter conseguido cumpri-lo. Os temas que o Yuri do blog e canal Livrada seleciona são muito bons e é bem gostoso revirar as estantes atrás de livros não lidos para preencher as categorias. Em 2017 ele lançou o desafio de novo e os temas foram, mais uma vez, muito bacanas. Resolvi participar e fiz uma verdadeira caça aos livros nas estantes. E dessa vez eu finalmente consegui colocar apenas livros que eu já tenho nessa lista.

Sabe porque eu dou prioridade para livros que eu já tenho? Os motivos são vários, mas os principais são dinheiro e otimização do espaço. Deixa eu explicar. Eu não sou rica. 😮 Então eu não tenho como comprar livro sempre que quiser (embora eu tenha gasto muuuuuuito dinheiro em livro ao longo dessa vida, e muitos deles eu nem li ainda) e eu nem quero isso. Durante um bom tempo eu não controlei o quanto gastava com livros e acabei comprando muito e não conseguia dar conta de ler na mesma velocidade que comprava. Acho que esse problema é bem comum entre leitores. E não vamos esquecer dos presentes – ah, como eu ganhei livro de presente. São tantos livros que cheguei em um ponto no qual a proporção de livros não lidos na estante é imensamente maior do que aqueles que eu já li.

Por isso quero, pelo menos, inverter essa situação. E como atingirei esse equilíbrio? Lendo o que eu já tenho. Parece simples, não é mesmo? Mas não é. A vontade de comprar algo novo está sempre rondando e tenho que me cuidar toda vez que passo em frente a uma livraria ou vejo promoções de lojas on line. Então eu resolvi adotar um sistema de recompensas: a cada 10 livros lidos eu posso comprar um. Ainda não funcionou 100%, já que – contabilizando lidos e comprados desde então – eu comprei mais de um livro para cada dez. Mas ainda estou tentando.

Então eu leio o que tenho, economizo dinheiro e para resolver o problema do espaço – que é um problemão, na verdade – eu adotei uma regra pessoal na qual eu avalio todo livro lido e de acordo com a avaliação ele pode ou não continuar na estante. Se ele não atinge a “pontuação mínima”, digamos assim, ele cai fora. Ele vai parar em uma pilha enorme (que cresce vertiginosamente) cheia de livros que pretendo vender, trocar ou doar.

Estou me encontrando no meio de todas essas pequenas regras e estou gostando muito de ter uma biblioteca que tem cada vez mais a minha cara, com livros que eu realmente gosto e o principal, cada vez menos livros não lidos. Então o Desafio Livrada é mais uma oportunidade de revirar as estantes e redescobrir o que tenho, ler aquilo que está encalhado há tanto tempo e dar andamento na fila de leituras por fazer.

Como eu disse lá no início desse texto, eu resolvi participar mais uma vez, tentar cumprir todas as categorias e sentir esse prazer imenso de procurar livros na minha estante. E eu gravei um vídeo contando minhas escolhas, assiste e me conta o que achou, se já conhecia o desafio ou se vai participar. Ah, eu aceito recomendações também. 😉

Não consegue assistir? Vê direto no Youtube e aproveita para conhecer o canal, tem vários vídeos bacanas por lá.

6 em 6 – fevereiro 2017

Fevereiro chegou e mais um 6 em 6 também. E no último mês eu estive muito fascinada com o céu. Então selecionei algumas fotos de céu tiradas espontaneamente com meu celular. Espero que gostem.

Céu de Porto Alegre visto do viaduto da Borges de Medeiros

Arredores de casa

Boa e velha Usina do Gasômetro

Céu de Canoas, porque eu também ando por essas bandas

Pôr do Sol na Zona Norte

Céu da Free Way

Projeto 6 on 6 é uma brincadeira simples. Você precisa postar seis fotos no seu blog, todo dia 6 do mês!

– Não precisa ter máquina fotográfica, foto de celular serve;
– Não tem um tema específico para as fotos, pode ser do que você quiser;
– Só precisa que você poste no dia 6, 6 fotos e mande o link para o grupo no Facebook!