inferno astral

Não que eu acredite nessas coisas, mas hoje descobri que estou no meu inferno astral. Muitas coisinhas ruins acontecendo, aliás, coisas beeeeeeem ruins. Mas estou tentando ter uma atitude adulta e aprender a lidar com a responsabilidade de ser adulta. Daniela, bem vinda ao mundo adulto, muitas responsabilidades e preocupações se acumulando na cabeça e aí, quando tiver quarenta anos, bum. Mas como estava dizendo/escrevendo, estou tentando admitir essa nova fase da minha vida. Levar em consideração algumas filosofias budistas e pensar que essas coisinhas estão acontecendo porque outra tri boa acontecerá e resolverá todas as outras. Isso se chama abertura para a bonância, ou abundância… não lembro muito bem, mas é por aí.

E agora que as férias acabaram tenho que me concentrar nos estudos, no meu projeto de TCC, no sítio lindo que eu tenho que analisar e levar a vida adiante. De preferência cheia de pensamentos positivos. Beijos queridas e queridos. E, por favor, gurias não deixem que nenhum homem diga para vocês que é melhor simplesmente pelo fato de ser homem, não sejam submissas a vontade masculina e nunca, nunca aceitem serem reprimidas por homem nenhum, seja ele quem for. Machismo nunca mais! Feliz dia das mulheres, com consciência e reflexão. Como as coisas são esquisitas, em plena semana da mulher ter de sofrer com esse machismo a tanto tento supostamente superado é terrível, não queiram estar na minha pele…

Bush, não és bem vindo no Brasil. América Latina unida contra o fascismo dos USA.

a festa da carne!

Eu nunca fui muito de carnaval, aliás, eu não sou nada de carnaval! Mas tenho que admitir que vendo o famoso compacto da rede globo, fiquei surpreendida com o desfile da Unidos da Viradouro. Por certo, não prestei atenção no samba, muito menos nos milhares de detalhes que o júri avalia, no entanto, minha atenção se voltou para a ousadia: um carro de ponta cabeça, bateria fake, carro “onde está Wally?”, carro mutável, “alegorias vivas”, entre tantos outros detalhes.

A sincronia e a coreografia utilizada no desfile me deixou boquiaberta. Parecia abertura de jogos olí­mpicos. Deve ter sido um barato procurar o Wally enquanto a galera desfilava pela avenida. Eu curto esse lance de interagir com o público. A alegria que as batidas proporcionaram às alas foi de dar inveja. Tudo impecável. Como diriam os narradores: um desfile tecnicamente perfeito! Mas assim que esse desfile terminou desliguei a televisão. Vá que eu goste de outro e passe a ser uma carnavalmaní­aca. Nem pensar, sai de mim!

Porto Alegre invadida por mortos vivos!

Como diz a nota no site, o dia 09 de dezembro vai entrar para a história. Uma legião de mortos vivos, sedentos por miolos e cerveja cruzou boa parte da cidade, passando pela Andradas, o centro dos três poderes do Estado do RS (Praça da Matriz) escadaria da Borges, a Borges de Medeiros, Assembléia, Redenção, invadimos o Zaffari da Lima e Silva e a última parada foi o Cavanhas na Lima. Um trajeto longo, que teve direito a muitas fotos, gargalhadas e cérebros a menos. Eu estava à  paisana, mas fui infectada, por isso cuidado: no próximo meu zumbizinho estará sedento por miolos bem fresquinhos! Quer ver as fotos oficiais? Entra no álbum do flickr: http://flickr.com/photos/zombiewalkpoa.

Ataque dos Zumbis em Porto Alegre: a Redenção estava tomada por mortos vivos.