Dia Mundial do Rock 2009

Eu tinha 14 anos quando ouvi pela primeira vez uma tal banda chamada Legião Urbana. A música era Eduardo e Mônica. Foi totalmente por acaso. Minha família não possuia rádio (um pequeno problema de morar com minha avó evangélica). O que chegava a meus ouvidos eram sempre as músicas de bandas que se apresentavam nos ótimos e maravilhosos programas de domingo da televisão brasileira.

Desde então andei por diversas trilhas sonoras do início dos anos 2000 comum a diversas adolescentes da época. O que mais me cativou foi, sem dúvida, o Rock’n’Roll. E o vício continua até hoje. Já fui do punk às novas tendências do século XXI, curto The Beatles e Patti Smith, Dead Kennedys e Bob Dylan, Elvis e

Comprei Discos, CDs e até as tais fitas K7s. Hoje ouço músicas no computador, o Last.fm é meu maior aliado para manter o vício. E o Dia Mundial do Rock é apenas mais um dia para ouvir muito, mas muito rock’n’roll. Ou quem sabe ver um filme sobre Rock?

E esse não é apenas um tipo de música, é um fabuloso mundo de sonhos e rebeldia.

Deixe um comentário pelo Facebook

Written by

Cat lady, bookworm, roller derby, vegan, professora de história, amante de histórias. apaixonada por cinema, séries e tem uma baita queda por histórias de zumbis.

3 comments / Add your comment below

- Todos os comentários passarão por moderação antes de aparecer publicamente no blog, dessa maneira espero organizar melhor a interação com os leitores e minimizar o problema de comentários que acabam ficando sem resposta.

- Sinta-se à vontade para dar a sua opinião, seja para concordar ou para discordar, mas, por favor, baseie-se em argumentos.

- Comentários ofensivos, escritos totalmente em letras maiúsculas, com excesso de erros, palavrões ou alheios ao conteúdo do post não serão publicados.

- Todos os comentários são responsabilidade de seus respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da autora do blog.

  1. É daniela, pena o rock brasileiro da midia ter nos levado a estas canções que nada lembram o velho rock que conhecemos um dia, mas o rock é assim, mutável, surgem nomes que podem mudar um pouco do “mais do mesmo” que vivemos…

Deixe uma resposta

CommentLuv badge

%d blogueiros gostam disto: