momentos de reflexão

Nosso rio, lago, imagem presente no coração de todos os portoalegrenses... e grande portoalegrenses!

Guaibão…. Lá no horizonte a esperança! Não, não é Guaíba, a cidade. Mas quando sento em frente ao guaibão e olho para o horizonte vejo a esperança surgir em frente aos meus olhos, me perco em pensamentos e deixo fluir os sentimentos. É isso que quero fazer agora. Não estou lá, mas vendo esta foto penso que ontem não foi o dia do Grêmio, mas ao mesmo tempo foi a prova de que é um time de alma, imortal, de raça. Saiu da segunda divisão em 2005 com um jogo histórico e cinematográfico e foi direto para a final da Libertadores. Se isso não é um feito, não sei o que pode ser… Fico um pouco chateada pela atitude dos amigos colorados, pois quem não tem um time a altura do Grêmio precisa torcer para o time dos outros (o Boca Juniors). A esperança se reporta então para o Brasileirão, para o ano que vem, para o GreNal de domingo!

Deixe um comentário pelo Facebook

Written by

Cat lady, bookworm, roller derby, vegan, professora de história, amante de histórias. apaixonada por cinema, séries e tem uma baita queda por histórias de zumbis.

4 comments / Add your comment below

- Todos os comentários passarão por moderação antes de aparecer publicamente no blog, dessa maneira espero organizar melhor a interação com os leitores e minimizar o problema de comentários que acabam ficando sem resposta.

- Sinta-se à vontade para dar a sua opinião, seja para concordar ou para discordar, mas, por favor, baseie-se em argumentos.

- Comentários ofensivos, escritos totalmente em letras maiúsculas, com excesso de erros, palavrões ou alheios ao conteúdo do post não serão publicados.

- Todos os comentários são responsabilidade de seus respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da autora do blog.

  1. Guaíba…

    “Na zona sul existe um rio, que na verdade nunca existiu… mas arde fins-de-tarde de luz vermelha de dor vermelha, vermelho anil”

    só sei que sou Fogão. 😀

  2. Reconheço os feitos do Grâmio, mas acho que nenhum time joga com tanta raça quanto o flamengo (quando quer, porque quando não quer também, o urubu empaca igual a uma mula ¬¬’).
    Eu confesso que não torci para o Grêmio. Não torci porque sou “meio” argentina. Tenho família argentina e estou sempre por buenos aires. Aprendi a admirar o Boca ao conhecer o bairro “Boca” (um dos lugares mais lindos que já visitei) e vê-lo jogar em La Bombonera.
    Não vou mentir, o time do Boca joga muito, sempre foi assim. E acho que qualquer outro time brasileiro, mesmo o meu amado flamengo, tem que suar muito para ganhar dele.
    Eu não tinha dúvidas de que o título, mais uma vez, seria argentino.

  3. Lendo seu post me dei conta que o meu lugar preferido na terra, além de ser um lugar mto bonito, calmo, etc,tem uma das vistas para o horizonte mais lindas. Nunca havia prestado atenção nesse detalhe. Quer dizer, nunca havia associado minha preferência a isso. O horizonte traz esperança. Justamente.

    nem me ligo mto em futebol mais…

Deixe uma resposta

CommentLuv badge

%d blogueiros gostam disto: