6 em 6 – agosto 2017

Seguindo firme e forte no propósito de postar todos os messes nessa tag amorzinho, mais um 6 em 6 está chegando. Dessa vez, mais fotos de celular. Sim, ando com muita dificuldade (leia-se preguiça) de pegar a câmera e sair para fotografar. Então aqui vai mais um apanhado do mês de julho com as fotos menos horrorosas que tirei com o celular. São fotos da viagem que fiz para as Batalhas de Inverno em Blumenau. Read More

Batalhas de Inverno: meu primeiro jogo de Roller Derby

Agora sim, em casa e com o computador posso fazer uma pequena explanação sobre o que foi o meu final de semana.

Para quem não sabe, eu comecei nesse rolê chamado Roller Derby no final de abril (final mesmo, tipo, 30 de abril) e tenho aprendido muito com cada treino e superando meus medos, anseios e receios.

Então, nos dias 15 e 16 de julho de 2017 rolou em Blumenau o evento Batalhas de Inverno, uma série de jogos amistosos entreligas e bootcamps (uma espécie de treino especial) com as Iron Ladies Roller Derby e as meninas do Ladies of Helltown São Paulo Roller Derby, o primeiro time de Roller Derby do Brasil, algumas Capivaras Roller Derby (de Piracicaba) e representantes das Magic Island Roller Derby Circle (time de Floripa) e a liga mais linda desse Brasil, as Wheels of Fire Roller Derby Club. Tudo isso promovido pelo time local, as Iron Ladies, que foram maravilhosas em tudo: na organização do evento, na recepção e no carinho com todas nós.

Um final de semana em que eu tive a oportunidade de conhecer um monte de mina foda, de assistir jogos da minha liga e de ser NSO (tarefa árdua para a estreante aqui: marcar pontos em uma tabela e faltas numa outra ainda mais complicada não é fácil, mas que eu consegui graças à paciência e didática de Diego Rosan e Ana Anna Laura Gabellini, muito obrigada!).

E como se tudo isso não fosse suficiente, foi minha estreia na track. Joguei meu primeiro jogo de Roller Derby. Fiquei muito nervosa, chorei antes mesmo da primeira jam. E o mais engraçado foi que no momento que entrei na track e me posicionei, eu não vi mais nada. Só existia o jogo. E que momentos maravilhosos.

Que momento!

Aprendi tanto com esse misto sem contato (inclusive que sem contato é uma lenda) e consegui colocar em prática tudo que aprendi em dois meses e meio de treinos com a maravilhosa coach Carolina Peçaibes, com todas as veteranas (que sempre me ajudaram e me incentivaram mesmo quando eu achei que nunca conseguiria realizar algum drill vocês estavam lá dando força e torcendo por mim) e com as minhas teammates, freshies como eu, que me apoiaram e me estenderam a mão, entendem todos os meus dramas e crescem comigo todos os dias. Aprendi, errei, identifiquei os erros, quero melhorar, suei, chorei e nunca me senti tão feliz. Tenho ainda vivo em mim esse sentimento, que não sei bem nomear, uma mistura de felicidade, orgulho, emoção…

A galera que jogou comigo!

Muito obrigada Iron Ladies pela oportunidade de viver coisas tão intensas e desafiadoras. Aprendi muito com todo mundo. Muito obrigada a todas as minhas teammates das Wheels of Fire Roller Derby Club, vocês são demais! Finalmente entendi o que é ser sua própria heroína 🙂

#keeponfirewheels

PS: Fiquei tão envolvida e nervosa com o evento que não tirei nenhuma fotinho sequer, então usei as fotografias feitas pela galera que estava por lá e estão disponíveis no álbum das Iron Ladies do Facebook <3

6 em 6 – julho 2017

No 6 em 6 de julho eu resolvi compartilhar aquelas fotos de celular, perdidas, de eventos bacanas que eu fui, ou simplesmente de coisas bacanas que aconteceram. Então não tem muita conexão entre uma foto ou outra, são simplesmente uma pequena seleção de momentos. Fotos de celular mesmo, sem planejamento ou qualquer coisa do tipo. 🙂 Read More

6 em 6 – junho 2017

Esses dias estava lembrando da primeira vez que fui ao Peru (em 2013/2014) e de tudo que vi, vivi e aprendi lá. Foi uma das melhores viagens que já fiz na minha vida. E eu quase perdi todos os registros fotográficos. Estava tentando recuperar as imagens e os vídeos e eis que encontro uma sequência de fotos muito bacana. Estava em Paracas, na fila para a embarcação que nos levaria a conhecer as Islas Guaneras, um conjunto de formações nas quais vivem muitos, mas muitos animais marinhos e aves que deixam kilos e kilos de guano nas rochas, cocô mesmo. Esse guano é utilizado como fertilizante e tal, mas a ilha virou atração turística pela sua beleza e diversidade biológica. Voltando à fila: um senhor estava alimentando aves gigantescas (eu acho que eram pelicanos, quem souber avisa nos comentários) e elas estavam bem pertinho mesmo.Este senhor estava alimentando as aves para ser fotografado pelos turistas e em troca pedia alguns trocados. Foi um momento tão bacana e que rendeu fotos tão legais que resolvi compartilhar.

Read More

6 em 6 – maio 2017

Mês passado foi meu aniversário e presente mesmo, fui eu quem deu. Estava sonhando com meu par de patins para poder começar a treinar. Foi uma busca árdua por um patins na minha numeração, usado e que estivesse em boas condições. Finalmente encontrei e ele chegou no dia 26 de abril aqui em casa. Comprei pelo Mercado Livre, mas foi encontrado em um grupo de compra e venda de equipamentos para Roller Derby no Facebook. Além do patins, comprei todo o equipamento necessário: capacete, joelheira, cotoveleira, munhequeira e protetor bucal. Todos em lojas diversas on line ou físicas. Só a joelheira que não comprei a mais adequada, mas por enquanto ela vai quebrar um galho (como joelheira é difícil de encontrar! Preciso experimentar para ver se não ficará muito apertada e as boas nunca servem…). Então, pela minha felicidade em poder começar a treinar, o 6 em 6 desse mês será com fotos do equipamento maravilhoso para Roller Derby que me dei de presente de aniversário 🙂

Read More