Archive

adopted cats

Posts on adopted cats.

Meet Willow and Salem – my cute kittens

Poucas coisas são mais fofas que um gatinho. Mas a fofura de um gato não pode ser o único motivo para adotar um gato. Adoção de animais é uma grande responsabilidade e deve ser levado a sério. Em 2011 eu adotei a Starbuck, uma tricolor linda que está cada dia mais linda e carinhosa. Em Abril de 2012 eu adotei o Gandalf, um Exotic Short Hair que foi vítima de maus tratos e estava em uma situação lamentável com sua antiga dona que usava o bichinho para reprodução e venda dos filhotes. Hoje ele está gordo, lindo e mesmo que ainda precise de alguns cuidados médicos (pois seu tratamento tem de ser feito por etapas) ele está feliz e saudável. Também em 2012 eu tentei adotar o Cenoura (que chamaria de Van Gogh), mas ele não se adaptou aos gatos que já vivam comigo e os meus gatos também não se adaptaram. Pelo bem estar a saúde dos três decidimos que o melhor a fazer era devolvê-lo para a madrinha dele, que se encarregou de encontrar outro lar para o ruivo lindo.

No entanto, meu espírito de cat lady é incontrolável e no dia 07 de outubro de 2012, enquanto prestava serviço como presidente de sessão nas eleições municipais, eu me deparei com uma bolinha de pelo minúscula entrando na sala de votação e se enroscando nos meus pés. Peguei no colo e fiquei fazendo carinho naquela fofura. Fui informada de o filhote estava na rua, abandonado e algumas crianças tentaram alimentá-lo com salgadinho. A intenção pode até ter sido boa em dar alimento para o gatinho, mas os resultados poderiam ter sido catastróficos. Resolvi ligar para o Juliano e pedir para que ele viesse buscar o bichano alegando que depois decidiríamos o que fazer. Ele veio.

Fato é que nem eu, nem ele, resistimos aos encantos da mocinha e ficamos três dias com ela até que finalmente decidimos: vamos ficar com ela definitivamente! E a partir desse momento ela ganhou um lar, pais que a amam e um nome lindo: Willow (em homenagem a personagem homônima no seriado Buffy – A caça vampiros de Joss Whedon). Ela está conosco até hoje e de acordo com as recomendações do veterinário, tomará vacina essa semana e daqui algumas semanas poderá ser castrada. Ela chegou aqui com a idade aproximada de um mês e hoje tem quatro meses e está enorme.

Se não conseguir visualizar, assista direto no youtube.

Não bastasse o amor incondicional que nutro por esses três, uma outra novidade pintou no ar. Por ocasião da virada do ano minha sogra foi viajar com a família e perguntou se eu e o Juliano poderíamos ficar com a Alice, uma pretinha que ela retirou da rua dias antes, logo após presenciar uma cena horrível (uma senhora jogando água no filhotinho assustado acoado em um canto, com seu cão de guarda latindo enfurecido para ela do lado de dentro do pátio). Nós concordamos em acolher a fofura e a trouxemos para casa. Acontece que, ao chegar aqui, constatei que não se tratava de uma fêmea, e sim de um machinho lindo.

Ele ficou sem nome até quarta-feira (08/01), quando minha sogra ligou, já de volta da praia, perguntando se por acaso nós não ficaríamos com o pretinho em definitivo, pois ela já tem dois cachorros – Pinscher – que brincavam muito com o gatinho, mas as brincadeiras machucavam a ambos. Eu não creio que as brincadeiras seriam um problema, afinal com o tempo eles aprendem a controlar a força das mordidas e a intensidade da brincadeira, mas entendo a preocupação dela. É claro que aceitei. E de pronto já rebatizei o pretinho, agora ele é Salem (homenagem ao gato preto da bruxinha Sabrina na série Sabrina – aprendiz de feiticeira, que eu adorava quando era pré-adolescente).

Sei que quatro gatos pode parecer demais para algumas pessoas e que só amar os bichanos não adianta, mas também acredito que quem ama de verdade é responsável. Starbuck e Gandalf já estão castrados e assim que os novos bebes da casa chegarem na idade também serão. Eu garanto, assumindo um compromisso público que os quatro sempre receberão vacina, ração, água, remédio quando for necessário, carinho, mimos, caixinha de areia sempre limpa, espaço para brincadeiras e muio amor.

Posted by