Lista de Livros Lidos 2009

I Love Books by

Eu tenho o hábito de anotar cada livro lido e esses são os livros que li inteiros, inteirinhos, por lazer ou não, durante o último ano:

01. O Guia do Mochileiro das Galáxias (The Hitchiker’s Guide to the Galaxy; Douglas Adams; 1979)

02. O Restaurante no Fim do Universo (The Restaurant at the End of the Universe; Douglas Adams; 1980)

03. Ensaio sobre a cegueira (José Saramago; 1995)

04. Na Praia (On Chesil Beach; Ian McEwan; 2007)

05. Caos: terrorismo poético e outros crimes exemplares (Hakim Bey)

06. As aventuras de Tibicuera; que são também as do Brasil (Erico Veríssimo; 1937) 10.02.09

07. As Aventuras de Biblos: Aprendendo a preservar (Daniela de Lima Soares, Diego Devincenzi, Erika Alíbio, Fabiana Nunes da Silva, Gabrielle Werenicz Alves, Maurício Borsa e Marjorie De Nardi Ramos; 2009) 15.03.09

08. História & ensino de História (Thais Nívea de Lima e Fonseca; 2003) 13.04.09

09. Guia Básico de Educação Patrimonial (Maria de Lourdes Parreiras Horta, Evelina Grunberg, Adriane Queiroz Monteiro)

10. Harry Potter e a Pedra Filosofal (J. K. Rowling)

11. Harry Potter e a Câmara Secreta (J. K. Rowling)

12. La Primera Guerra Mundial (Pierre Renouvin)

13. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (J. K. Rowling)

14. Breve História do Rio Grande do Sul (Fábio Kühn)

15. Morcego Vermelho Contra Mancha Negra (Ivan Saidenberg | “Coleção Os Grandes Duelos” – Walt Disney)

16. Harry Potter e o Cálice de Fogo (J. K. Rowling)

17. Teatro Oficina (1958 – 1982) trajetória de uma rebeldia cultural (Fernando Peixoto)

18. Harry Potter e a Ordem da Fênix (J. K. Rowling) – 10.07.09

19. Harry Potter e o enigma do Príncipe (J. K. Rowling) – 16.07.09

20. Matadouro 5 (Kurt Vonnegut) 22.07.09

21. Animais Fantásticos e Onde Habitam / Newt Scamander (J. K. Rowling) 23.07.09

22. Harry Potter e As Relíquias da Morte (J. K. Rowling) 01.08.09

23. Saga dos Volsungos (Völsunga saga; anônimo do Séc. XIII) 06.08.09

24. História dos Estados Unidos: das origens ao século XXI (Leandro Karnal; Sean Purdy; Luis Estevam Fernandes; Marcus Vinícius de Morais) 08.10.09

25. A Revolução Mexicana (1910 – 1917) (Ana Maria Martinez Corrêa) 14.10.09

26. Hiroshima (John Hersey) 29.10.09

27. Rê Bordosa: Do começo ao fim (Arnaldo Angeli Filho) 03.11.09

28. Por Uma Geografia Nova (Milton Santos) 10.11.09

29. Travessia de Verão (Truman Capote) 18.11.09

30. Uma Professora Muito Maluquinha (Ziraldo) 20.11.09

31. Realidades e Chantillys Diversos (Frank Jorge) 01.12.09

32. Os Cacos do Teatro – Porto Alegre anos 70 (Suzana Kilpp) 13.12.09

33. A Criança Roubada (Keith Donohue) 22.12.09

34. A Casa de Bernarda Alba (Federico Garcia Lorca) 30.12.09

Hakim Bey: o terrorista do CAOS

Alguém já ouviu falar de Hakim Bey?

Já leu alguma coisa dele?

Sabe sobre o que ele escreve?

Pois é. Ele pode ser desconhecido das grandes massas, mas tem uma legião de seguidores (isso mesmo, não são fãs e sim seguidores aqueles que o lêem).

Sua publicação mais famosa é TAZ – Zona Autônoma Temporária (que eu já tive o prazer de ler) e que está integralmente disponível na rede.

Atualmente estou lendo CAOS: Terrorismo poético e outros crimes exemplares (também disponível integralmente).

O primeiro livro citado é fantástico, te leva a milhares de questionamento em apenas um parágrafo. O livro inteiro então, é uma explosão de pensamentos.

Já o segundo, segue uma linha de narrativa um pouco confusa, um fluxo de pensamentos contínuo. São fragmentos de textos reunidos em único livro: panfletos, comunicados e algumas histórias pessoais isoladas.

O conteúdo? Bem, não gostei tanto quanto de TAZ, mas ainda assim é bem instigante. Como é um livro sobre ideologias, utopias e opções de vida, tem bastante coisa que discordo, mas em outras compreendo completamente a posição de Bey e apóio.

Existe uma porção de textos dele espalhados pela rede, de fácil acesso e disponíveis gratuitamente. Se ler um livro dele for muito trabalho (o que eu definitivamente não posso acreditar, pois são livros bem fininhos e de fácil leitura) basta selecionar alguns de seus textos curtos traduzidos em um esforço filantrópico pelo bcardoso ou pode ler em inglês mesmo.