Ideia sustentável para um mundo melhor

Lendo os feeds nesta tarde me deparei com uma pequena matéria que saiu na Folha de São Paulo, compartilhada pelo Tiago sobre o uso de bicicletas ergométricas para gerar energia em um cinema da Lituânia. Achei a ideia genial, ainda mais por já ter pensado coisas parecidas em vários momentos. Toda vez que eu pedalava uma ergométrica na academia eu pensava:

toda essa energia que estou criando deveria servir para alguma coisa, ao invés de apenas colaborar pera o egoísta intuito de perder calorias.

Vida saudável e sutentável
Vida saudável e sutentável

O movimento que fazemos ao pedalar uma bicicleta gera muita energia e sua utilização em diversos ambientes e situações pode reduzir o consumo de energia elétrica. Seria tão bacana se toda bicicleta ergométrica viesse com um gerador de energia acoplado. O quanto de energia criaríamos? As academias seriam capazes de auto sustentarem-se  no que diz respeito a energia elétrica? Isso eu não sei dizer, mas que vale a pena experimentar, isso vale.

Essas soluções criativas para um estilo de vida mais sustentável sempre me cativa. E no caso desse cinema do Líbano, em especial, outro fator agregado à proposta faz meu apreço por ele aumentar ainda mais:

quem se dispuser a pedalar pode assistir ao filme de graça.

Muito bacana mesmo essa ideia. E a adoção dela é ainda mais simples. Basta boa vontade. Claro que a corrida capitalista pelo lucro desenfreado é um impedimento e tanto, mas ainda acho que é possível lucrar com um empreendimento assim.

Fica a dica para todos os donos de cinema desse Brasil e até mesmo para os donos de academias e de diversos estabelecimentos. Afinal de contas essa forma de gerar energia colabora para um planeta mais saudável e para uma vida mais saudável.