isso faz a gente se perder, às vezes, no que é real e no que é fantasia

Tenho uma pilha de livros na escrivaninha. Uma pilha de livros para ler: livros para resenhar, livros para a monografia, livros para indicar, livros para passar o tempo. Entre tantos tí­tulos (de Tolkien à Erico Veríssimo, de André Prous à Foucault, de LeGoff a Noam Chomsky), no meio de uma pilha qualitativa, escolhi comprar mais […]