Kit de sobrevivência: esteja preparado para o apocalipse zumbi

Não custa nada lembrar que para sobreviver a uma horda de zumbis desesperados por carne humana, cérebro, ou apenas por destroçar qualquer coisa viva que cruzar o caminho, é preciso mais do que pernas. São necessárias habilidades mentais de um bom estrategista, habilidades manuais para manusear armas (as de verdade e as que a necessidade nos obrigará a criar) e é claro, alguns itens indispensáveis.

Acontece que a parte dos apetrechos não será mais um problema a ser resolvido, muitos sortudos poderão adquirir o kit de sobrevivência criado  pela OpticsPlanet, e chamado de Z.E.R.O. (Zombie Extermination, Research and Operations). O kit contém muitos acessórios, tais como um kit de primeiros socorros, um par de luvas, uma indispensável câmera de visão noturna, um carregador solar para baterias, lanternas (que funcionarão graças ao carregador de baterias), muitas facas (afinal no corpo a corpo nada melhor do que uma boa e velha arma branca) e acessórios de laboratório para ajudar os mais sabidos na busca pela cura, entre outros apetrechos que são essenciais para sobreviver durante um ataque.

Infelizmente no kit não constam armas de verdade, até porque para se comprar um rifle não basta dar um clique… Em todo o caso, para se precaver, basta acessar o site da OpticsPlanet e pela bagatela de US$ 23.999,00 é possível adquirir um para garantir algumas horas de vida (e com a tua esperteza, quem sabe algumas semanas). Mais detalhes sobre os itens inclusos no kit também estão disponíveis nos site.

Uma propaganda muito bacana do kit de sobrevivência também dá mais informações. E é bom saber que os itens podem ser comprados separadamente e você pode montar o seu próprio kit de acordo com as suas prioridades. 🙂

Fonte: GN

Ficção de Polpa – Volume 1

Ficção de Polpa Volume 1

No primeiro volume do Ficção de Polpa da Não Editora vários escritores brasileiros foram convidados para formar a coletânea com a proposta de criar um conto de ficção científica, fantasia ou horror com completa liberdade temática. A ideia é super bacana, tanto que já rendeu quatro volumes da coleção. Mas até agora eu li apenas o primeiro, e posso falar que a ideia, além de bacana, deu super certo.

Fiquei muito surpresa com a qualidade dos contos. Todos muito bons. Claro que alguns se destacam, são incríveis e deixaram aguçada a vontade de ler mais coisas dos seus autores. E o mais bacana de tudo foi que todos os autores aproveitaram a liberdade para criar e conseguiram mesclar essa tradição atribuída aos norte americanos de criar terror e fantasia (o que eles fazem muito bem, sem sombra de dúvidas) com uma brasilidade que não parecia forçada.

Os contos fluíam muito bem, e não foi preciso inserir elementos fantásticos da cultura brasileira como o Saci Pererê ou a Mula Sem Cabeça para que eles fossem genuinamente brasileiros. A prosa se encarregou de tudo. Ficou claro que ficção feita no Brasil não precisa ser uma forma de apresentar o Brasil. Os autores souberam usar a prosa em favor do conto e não para mostrar que, bem, esse é um conto de ficção fantástico feito no Brasil. Read More

O Meme Literário de Um Mês 2011 – Dia 17

Cite um livro que você achou que iria gostar e acabou não gostando. (Fale sobre ele)

Um livro que eu queria muito ler, estava sempre procurando informações sobre ele e tinha muitas expectativas sobre foi Morgan: O Único, de Douglas Eralldo. Pela sinopse eu esperava um livro incrível, afinal como um livro sobre zumbis poderia ser ruim? Pois a decepção foi muito grande. Apesar do assunto que me fascina, eu não apreciei o livro como gostaria. Como fã de zumbis, achei a história mal contada, sem motivação e sem a adrenalina típica das histórias de mortos-vivos. O livro tem seus méritos e suas desculpas, mas mesmo assim foi uma decepção para mim. Eu entendo que é o primeiro livro do autor e ressalto a originalidade e a potencialidade dele, mas acho que faltou maturar um pouco mais a ideia e o próprio texto.

Para ver as respostas dos outros dias, clique aqui.

The Walking Dead – Trailer da 2ª temporada

The Walking Dead 2ª temporadaÉ duro ter de esperar um ano por uma série que gostamos. Mas agora faltam menos de um trimestre para a segunda temporada da super série de zumbis que conquistou muita gente. The Walking Dead da AMC volta no dia 16 de Outubro. E para quem ainda não viu, segue uma prévia generosa: um trailer de quase 5 minutos, o trailer da segunda temporada:

[youtube1]1OZ0mu8Ey6A[/youtube1] Link Direto

É de arrepiar! A próxima temporada promete, ao invés dos seis episódios da primeira, na nova temprada seremos brindados om 13 episódios. É esperar para ver tripas, sangue e muito zumbi morrendo.

Links Love #6


1. O Juliano fez um texto suer bacana sobre a nova comédia que conta a história de um grupo de amigos, Happy Endings. Eu já vi a série e aprovei.

2. O Alessandro Martins fez uma bela reflexão sobre a arte e seus espaços: a arte deveria permitir mais ou proibir mais?

3. Essa semana o grupos Anonymous sofreu uma série de represálias tanto no meio virtual como no real, tem um artigo super bacana sobre isso lá no Garotas Nerds.

4. O Tele Séries fez um texto sobre amigos com benefícios para comemorar o Dia do Amigo e mostrou alguns casais da ficção que se aventuraram nessa amizade colorida.

5. A Câmara de um cidade inglesa distribui panfleto sobre como reagir em caso de ataque de zumbis.