As Crônicas de Nárnia Volume Único (C. S. Lewis)

As Crônicas de Nárnia Volume Único - C. S. Lewis
As Crônicas de Nárnia Volume Único - C. S. Lewis

São sete as crônicas de Nárnia, foram escritas e lançadas em anos diferentes por C. S. Lewis e posteriormente reunidas em um único volume (The Complete Chronicles of Narnia). No Brasil o volúme único da obra foi lançado pela Editora Martins Fontes como As Crônicas de Nárnia Volume Único.

Publicadas individualmente pela ordem que o autor escrevia, elas foram reunidas na ordem cronológica dos acontecimentos (diferente da ordem de lançamento. As crônicas são as seguintes:

O Sobrinho do Mago – publicado originalmente em 1955. a obra narra a criação do mundo de Nárnia e como começaram as idas e vindas entre o mundo de Nárnia e o nosso. Nela também se conhece o caráter multiverso de Nárnia com o Bosque entre Mundos, que possibilita acesso a diferentes mundos através de lagos com dois anéis mágicos.

O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa – publicado em 1950, mas escrito em meados de 1940 esse é o primeiro livro escrito da série e é também o mais famoso (e um filme já foi feito a partir dele). Neste livro são narradas as aventuras de quatro irmãos: Pedro, Susana, Edmundo e Lúcia, que fugindo dos bombardeios a Londres durante a II Guerra Mundial, vão até a casa de um professor que morava no campo. Lá encontram dentro de um guarda-roupa (cuja origem é revelada em O Sobrinho do Mago) uma passagem que liga nosso mundo ao mundo de Nárnia.

O Cavalo e seu Menino – publicado em 1954, é o quinto livro da série a ser publicado, mas é o terceiro livro da série na ordem sugerida de leitura. Este livro narra a trajetória de Shasta e Bri. O primeiro um menino pobre que vivia na Calormânia outro país do mundo de Nárnia e o segundo um cavalo falante que se perdeu fora dos limites de Nárnia e virou escravo de um humano (essa terminologia é usada para caracterizar todas as relações entre os animais comuns de carga, transporte etc e os humanos). Na época de ouro de Nárnia, o reinado dos quatro irmãos, Shasta e Bri se vêem numa fuga em direção a Nárnia em busca de uma nova vida.

Príncipe Caspian – escrito em 1951, é o segundo livro da série a ser publicado, mas o quarto na ordem sugerida de leitura. O livro conta a história de Caspian, um príncipe que é herdeiro legítimo do trono de Nárnia e para reavê-lo das mãos de seu tio recebe a ajuda dos quatro irmão que foram embora daquele mundo mais de mil anos antes.

Read More

Suporte para Cupcakes

Que os Cupcakes viraram febre isso já não é nenhuma novidade. E eu também sou fã dos bolinhos que cabem na palma da mão e de apelo estético belíssimo. Já tentei fazer – uma tentativa um tanto quanto frustrada, devo dizer – mas apenas uma vez. Ainda farei mais vezes. Vivo pipocando pela rede a procura de receitas. E de fotos deles assim, prontinho, porque eles são deliciosos de comer e de ver.

E numa dessas aventuras para os olhos me deparei com o trabalho de Whitney Smith. Um trabalho muito bacana, suportes para os bolinhos fofos tinha de ser também fofo. E é mesmo. De cores e formas vintage o trabalho me conquistou. Um ótimo presente e serve para qualquer ocasião. Os Cupcakes por si só já fazem uma diferença até na decoração, mas esses suportes não são lindos?

Ranking – Janeiro 2010

Dollhouse - Epitaph 2: Return
Dollhouse - Epitaph 2: Return

A Sociedade dos Blogs de Séries promove todos os meses um ranking com as notas notas de 0 a 10 (valendo meio ponto) dadas pelos participantes para os episódio exibidos nos Estados Unidos no mês. Cada participante envia a lista dos episódios que assistiu e a respectiva nota para cada um deles. Segue a minha lista para o mês de Janeiro de 2010:

30 Rock – 4×09 – Klaus and Greta – 7,5
30 Rock – 4×09 – Black Light Attack! – 7,0

Chuck – 3×01 – Chuck Versus the Pink Slip – 8,5
Chuck – 3×02 – Chuck Versus the Three Words – 8,5
Chuck – 3×03 – Chuck Versus the Angel de la Muerte – 9,0
Chuck – 3×04 – Chuck Versus Operation Awesome – 9,0
Chuck – 3×05 – Chuck Versus First Class – 9,0
Chuck – 3×06 – Chuck Versus Nacho Sampler – 8,5

Dollhouse – 2×11 – Getting Closer – 9,0
Dollhouse – 2×12 – The Hollow Men – 8,5
Dollhouse – 2×13 – Epitaph 2: Return – 9,5

How I Met Your Mother – 5×12 – Girls Vs. Suits – 8,0
How I Met Your Mother – 5×13 – Jenkins – 8,5

Human Target – 1×01 – Pilot – 7,5

Modern Family – 1×11 – Up All Night – 7,5
Modern Family – 1×12 – Not in My House – 7,0
Modern Family – 1×13 – Fifteen Percent – 8,0

The Big Bang Theory – 3×12 – The Psychic Vortex – 8,0
The Big Bang Theory – 3×13 – The Bozeman Reaction – 8,0

The Office – 6×14 – The Banker – 7,5

Retorno

Voltando a programação normal. Depois de muito tempo sem dar as caras, ou de meter esses dedos gorduchos no teclado para escrever alguma coisa por aqui, eu resolvi que já era a hora de voltar.

Não por nada, mas estava com saudade de pintar o sete e deixar o pensamento fluir. Não cumpri promessas. Falta terminar de escrever sobre a amada série Dollhouse que terminou e me deixou órfã de mais uma obra de liciosa de Joss Whedon. Faltou escrever sobre tanta coisa.

O que eu fiz durante esse tempo todo? Buenas, nada de muito útil, exceto pelas leituras (que estão bem atrasadas, por sinal). Viciei no Farmville e passo horas alimentadno animais de pixels e plantando sementes de metirinha. Além disso cozinhei comidas virtuais em outro joguinho bobo do Facebook ( se você quiser, pode me adicionar como amiga por lá). E também comecei a ver Seinfeld e Buffy. Adoro ver séries antigas, principalmente ao lado do Juliano.

Vancouver 2010 – Mascotes

E também olhei muito para o tubo da TV. Estou acompanhando com um entusiamo bem acentuado as transmissões do canal do bispo das Olímpiadas de Inverno – Vancouver 2010. Por que? Não sei bem. Curiosidade pelos esportes malucos que os Canadenses adoram (Curling? WTF!) e uma profunda admiração pela patinação artística, pela leveza e destreza sobre o gelo. Confesso que é essa minha modalidade preferida. Me irrito quando a transmissão é cortada para passar outras modalidades – que é aquilo do pessoal descendo em duplas de trenó, deitados um por cima do outro? Socorro.

Voltando à patinação no gelo. Que esporte lindo, o nome faz juz a modalidade. É realmente uma arte. E as escolhas musicais dos atletas direcionaram as aquisições musicais na rede durante toda a semana.

Mas o que eu mais gostei nos Jogos Olímpicos de Inverno foi o inverno. Não lembro de ter passado tanto calor em toda a minha vida. Temperaturas bem acima dos quarenta graus em pleno sul do país. Isso é inaceitável. Mexeu com minha capacidade intelectual – eu simplesmente não consigo pensar direito nem articular idéias nesse #fornoalegre. Sinto saudade dos dias frios, muita saudade.