Arquivo

Na Web

Posts em Na Web.

Viva estou

Mais uma vez eu falho miseravelmente em atualizar esse blog. Já está virando rotina, e estou ficando sem graça de aparecer apenas para explicar o porquê do sumiço. Infelizmente eu já não tenho mais aquele tesão com o blog como eu tinha antes. Uma pena. Esse blog me proporcionou coisas muito boas e momentos importantes na minha vida. E esses dias estava conversando com um amigo (que eu tenho graças ao blog) e me dei conta que esse ano o trecos & trapos completa 10 fucking anos!

Isso me trouxe, ao mesmo tempo, nostalgia e um pouco de tesão de voltar a postar. E o mais engraçado é que tenho uns dois ou três posts aguardando publicação, apenas esperando eu levantar essa minha bunda preguiçosa da cama e fotografar as imagens para ilustrar o texto e mais uns quatro ou cinco rascunhos de coisas que precisam ser melhoradas. Isso é inaceitável. Como eu posso ter tanto conteúdo abandonando e ficar me martirizando que não posto mais!

Então, resolvi criar vergonha na cara e dar as caras por aqui mais uma vez. Para tentar trazer nova vida para o blog. Pois por mais que eu reclame que blogs já não tem mais tanto público quanto os vídeos no YouTube (e eu também não postei mais nada por lá!!!) eu também sei que o que traz público é conteúdo. Então vamos criar conteúdo por aqui e fazer a roda girar novamente. São DEZ ANOS! Não é pouca coisa. E para comemorar, muita coisa está sendo planejada com muito amor e carinho. Ansiedade e alegria marcam essa nova fase do blog. :)

Vem comigo e me ajuda a fazer desse blog algo maravilhoso. Vamos celebrar juntos, feliz 2016!

trecos & trapos, o retorno

notebookJá perdi as contas de quantas vezes escrevi um texto (de tudo quanto é tamanho) para anunciar o retorno do blog. Esse é mais um deles. Tomara que seja o último, que nunca mais uma fase atribulada tome conta da minha vida e me deixe afastada do blog e de todas as outras atividades internéticas.

Desde o final do ano passado até junho deste ano eu estive envolvida em mais uma monografia. Estava encerrando essa etapa da vida e me acostumando com a vida adulta que tardou em chegar, mas quando veio apareceu com tudo o que tem direito: casa nova, emprego full time, pós graduação, enfrentando problemas de saúde, mudança de ares, de endereço, de tudo. Agora estou mais calma, enfrentando um leão por dia na escola, em casa e na cabeça.

Quem disse que seria fácil? Não está sendo, não mesmo. Estou completamente diferente, vivendo e sentindo coisas diferentes a cada dia. Acostumar com elas não é moleza, mas o desafio é instigante. A cada vitória uma alegria, a cada derrota litros de lágrimas e um empurrão nada sutil para vencer na próxima. Tem dias que bate aquela saudade da adolescência, principalmente porque vejo todos os dias os sabores e dissabores dessa etapa da vida. Tem dias que penso em largar tudo e voltar correndo para a barra da saia da mãe. Tem dias que quero ficar quietinha no meu canto e outros que quero gritar para o mundo o que estou sentindo. Tem ainda aqueles dias que sequer sei o que estou sentindo. Cheia de incertezas, cheia de dúvidas, cheia de contas para pagar. Ah esses vinte e poucos anos que estão indo embora.

E assim como tudo na minha vida, o blog também foi alvo de reflexão e reformulação. Pretendo mantê-lo atualizado, com tudo que vier na minha cabeça. Filmes, livros e série sempre terão seu lugar garantido nas postagens, mas eu também quero falar sobre outros assuntos, sobre aquilo que me faz feliz, que me faz refletir, que me faz mudar. enfim, meus temas de interesse sempre terão lugar garantido. Afinal, esse é e sempre foi um blog pessoal. Não tenho pretensões financeiras ou profissionais como ele. Quero apenas escrever o que penso sobre o que gosto (e o que não gosto também). Quero apenas compartilhar, incentivar o debate, refletir e me divertir.

orgulho da semana: trecos&trapos no #voltamundoblogueiro

Essa semana eu recebi uma notícia que me deixou muito feliz. Esse blog, que me acompanha desde 2006, ganhou Indicação da Semana no blog #voltamundoblogueiro. A indicação foi da querida e super fofa Bruna Damiana do blog Outramentos e uma das colaboradoras do projeto/blog que gosta tanto da blogosfera old school. Adorei o depoimento da Bruna e o texto que a blogueira criadora do projeto, a Mulher Vitrola, escreveu sobre o trecos & trapos. Confere lá e me conta o que achou.

 

Bloglovin e o vício em feeds.

Eu sou uma assinante compulsiva de feeds. Admito. E é tanto feed para ler cada vez que abro que dá uma preguiça danada e antes de ler 15% de tudo o que assino eu já começo a rolar a barra de rolagem como se não houvesse amanhã e logo logo tasco um “Marcar tudo como lido”. Uma pena, porque perco de ler muitas coisas interessantes. O Google Reader velho de guerra é ótimo, adoro o sistema de separar tudo por categorias (ou pastas) e poder ler apenas sobre o assunto que tenho vontade naquele dia. Mas com o tanto de blogs que eu assino, não tem sistema de organização que facilite. Às vezes fico com uma vontade danada de excluir tudo e começar do zero todas as assinaturas. E a preguiça de procurar os blogs que eu adoro e acesso quase todos os dias e “reassinar”? Preguiça maior é a de ficar catando os blogs que valem a pena e excluir os outros. Acontece que se eu assinei é porque vale a pena (pelo menos pra mim). Daí fico nesse dilema terrível e acabo repetindo sempre o mesmo ritual.

E como se não bastasse o vício em assinar feeds no Google Reader, me aparece esse tal de Bloglovin, uma opção realmente bacana para se manter atualizada. Tem que ter login e, para seguir um blog, ele precisa oferecer o serviço (ou seja, um botão ou link de inscrição do Bloglovin em algum lugar da página). Todos os dias um e-mail é enviado com uma lista dos blogs que foram atualizados com o título dos posts, e quando clica para ler é redirecionado direto para a página. E ainda é possível ler as atualizações acessando o próprio Bloglovin.

Eu fiz o meu cadastro e vou aproveitar o ensejo e reorganizar as pastas do Google Reader, eliminar algumas coisas e otimizar minha hora de leitura dos meus blogs favoritos. Meu novo lema é: Organização é tudo! Estou, aos poucos, organizando minhas coisas, minha casa e organizando minha vida. Não tem problema assinar toneladas de blog, o mais importante é organizar tudo direitinho para não acumular e acabar perdendo a vontade de ler.

Então aproveita, faz teu cadastro e segue o trecos & trapos no Bloglovin. Não custa nada.

o trecos & trapos está de cara nova!

Depois de ficar tanto tempo sem computador, me coçando para mudar o blog, deixá-lo mais personalizado, eu finalmente consegui me organizar e passei dois dias estudando o tema base disponível no blog Difluir, da  para finalmente colocar a mão na massa. Como eu já estava há tempos sem trabalhar com nada que diga respeito a PHP, CSS, edição de imagens, eu demorei um pouco e quebrei um pouco a cabeça. Mas no final deu tudo certo e finalmente saiu do forno o mais novo layout do trecos & trapos. Escolhi o amarelo para alegrar  e catei plugins e tutoriais tanto no Difluir quanto no True-Luv da Tamara. E claro, a boa e velha pesquisa do painel de controle do WordPress ajudou com mais alguns plugins necessários.

Claro que ainda não está 100%, mas conforme for encontrando erros e coisas que precisem de modificação eu vou arrumando. E claro, com o tempo, depois de me habituar novamente com essas linguagens, eu posso mudar com mais frequência algumas coisas por aqui, como o esquema de cores e a imagem do Header. Mas isso é com o tempo e quando eu tiver tempo!

E então, gostou do resultado? Encontrou algum erro? Tem alguma sugestão? Não esquece de deixar um comentário avisando sobre qualquer coisa, dando palpite, vale até elogio, por que não? E é claro, se encontrar alguma coisa que não está devidamente creditada me avisa que eu credito na hora. Infelizmente sempre passa alguma coisa despercebida quando se está trabalhando na mesma coisa por horas a fio sem descansar.

Links Love #12

Tolkien e as mulheres

1. No blogueiras feministas tem um texto muito bom sobre  tipos femininos que se encontram e se distanciam, e que não são negativos nem ultrajantes na obra de Tolkien.

2.  Imagens de viajantes no tempo em discussão no Ceticismo Aberto.

3. O meu amigo e Historiador Chico Cougo escreveu um dossiê sobre a RBS e o jornalismo surreal.

4. Interessado em aprender Quenya, a maravilhosa língua dos elfos criada por Tolkien? A Feanari do Blá blá blá Aleatório conta como.

5. E o @cavalca fez um top 11 melhores séries de 2011. Super bacana.

Blog Retrospectiva 2011

Em 2008 participei do Desafio 21 Dias, proposto pelo Blosque. Uma das propostas do Desafio foi fazer uma retrospectiva do blog. Gostei muito da idéia, que já estava na cabeça há tempos, que resolvi fazer a edição 2009, fiz outra em 2010 e agora farei a edição 2011. Já virou tradição.

Para cada mês do ano eu escolhi um texto para recordar.

Retrospectiva 2011

Janeiro

Os Homens Que Não Amavam as Mulheres (Stieg Larsson): A resenha do primeiro livro da série recente que me encantou e me viciou!

Fevereiro

Buenos Aires: meu primeiro destino internacional: O título já diz tudo! Uma “resenha” sobre a capital da Argentina.

Março

2001: Uma odisséia no espaço: resenha despretensiosa de um dos melhores filmes que eu já vi!

Abril

Doctor Who: um texto de apresentação de uma das melhores séries já produzidas.

Maio

Doctor Who – 6×01 – The Impossible Astronaut: a primeira resenha de episódio de Doctor Who no blog.

Junho

Meet Starbuck.: a chegada do novo membro da família não poderia ficar de fora!

Julho

Harry Potter, the end.: o fim de uma era.

Agosto

Como escolho minhas leituras?: escolher o próximo livro para ler não é uma ciência exata.

Setembro

Minha primeira vez na terra da garoa: outro diário de viagem.

Outubro

Dia D. Dia de Drummond: uma das experiências mais bacanas do ano, um vídeo, um poema e oito pessoas.

Novembro

O Sol Também se Levanta, de Ernest Hemingway: um novo mergulho em Hemingway.

Dezembro

Doctor Who 07×00: The Doctor, the Widow and the Wardrobe: o tão aguardado especial de Natal de Doctor Who.

Para escolher os textos da retrospectiva eu tentei levar em conta os comentários, o número de visitas e tudo, mas no final, o que acabou pesando mais foi o carinho e o gosto pessoal mesmo.

Agora que eu já listei um post publicado para cada mês do ano dou por encerrada essa retrospectiva, mas não deixe de navegar nos textos relacionados, deixar sua opinião sobre os textos e experimentar fazer uma retrospectiva própria.

Um ótimo 2012 para todos!