Arquivo

mulheres

Posts em mulheres.

Links Love #12

Tolkien e as mulheres

1. No blogueiras feministas tem um texto muito bom sobre  tipos femininos que se encontram e se distanciam, e que não são negativos nem ultrajantes na obra de Tolkien.

2.  Imagens de viajantes no tempo em discussão no Ceticismo Aberto.

3. O meu amigo e Historiador Chico Cougo escreveu um dossiê sobre a RBS e o jornalismo surreal.

4. Interessado em aprender Quenya, a maravilhosa língua dos elfos criada por Tolkien? A Feanari do Blá blá blá Aleatório conta como.

5. E o @cavalca fez um top 11 melhores séries de 2011. Super bacana.

As Brumas De Avalon Livro 2 – A Grande Rainha, de Marion Zimmer Bradley

As Brumas de Avalon - A Grande Rainha

A Grande Rainha, segundo livro da série As Brumas de Avalon de Marion Zimmer Bradley, continua a saga das mulheres da corte da Bretanha, já então do Rei Artur. Ao contrário do primeiro livro, neste temos a presença contínua da cristã Gwenhwyfar (Guinevere), a Rainha, como o próprio título já indica. As outras personagens, com exceção de Morgana aparecem muito pouco e são mencionadas poucas vezes também. A Senhora do Lago, Viviane, é praticamente deixada de lado e Igraine possui um capítulo dedicado à ela.

Infelizmente, até mesmo Morgana é deixada um pouco de lado na trama. Com isto, quero dizer que ela até aparece bastante, mas seu papel é secundário, pois a narrativa está mais preocupada em narrar o desenvolvimento de Gwenhwyfar de frágil e amedrontada menina que foi desposada contra sua vontade, à Rainha de fato, que impõem sua vontade ao marido e exige inclusive que ele quebre seu juramento para com Avalon. Além disso, ela precisa lutar contra a tentação que Lancelot representa, sendo ele o amor que ela tanto deseja e não pode tê-lo, afinal ela é casada, e como boa cristã não pode entregar-se a outro homem, pois além de traição seria também pecado.

Em meio aos acontecimentos envolvendo o futuro do reino, há um reencontro entre Morgana e Lancelot, bruscamente interrompido. Acompanhamos, mesmo que em segundo plano, a trajetória de Morgana depois dos acontecimentos do final do primeiro livro. Temos a belíssima e intensa descrição do parto, onde Morgana da a luz ao filho indesejado. Segue-se a isso a ida de Morgana para a corte do Rei Artur, seu irmão, e sua permanência por lá como dama de Gwenhwyfar. Depois de alguns anos toma a decisão de voltar para Avalon. O capítulo que narra o encontro de Morgana com o País das Fadas e os dias que por lá passou é muito bonito. Marion descreveu com uma veracidade bastante interessante, além de utilizar o jogo de palavras para fazer o leitor sentir como se também estivesse por lá e passasse pela mesma confusão temporal pela qual a personagem passou.

Continue lendo →

Esclarecimento à dona Luiza Lobo

No dia primeiro de Novembro a professora da UFRJ, Luiza Lobo, cedeu uma entrevista à Rádio CBN para divulgar seu livro Segredos Públicos: os Blogs de Mulheres no Brasil. A tal professora teve a infeliz atração pela generalização e colocou todos os blogs femininos dentro do mesmo saco: “querido diário”.

Ora, uma professora universitária que não consegue ter a mínima percepção da diversidade na internet e principalmente na blogosfera é no mínimo indignante (nessa altura do campeonato nem sei se essa palavra existe de fato). Onde foi parar o tal do feminismo? De que adiantou centenas de mulheres queimarem seus sutiãs em praça pública exigindo igualdade? Onde foi parar o bom senso? O que aconteceu com o pensamento crítico?

Mas as Luluzinhas não deixaram barato. Trataram de publicar uma carta resposta para a professora. E eu assino embaixo!

Mulheres no cinema.

Depois do vídeo com diversas mulheres pintadas pelos mais diversos artistas nas mais diversas épocas chegou a hora das mulheres que fizeram história no cinema. Lhes apresento este vídeo perfeito delas que deixaram muito marmanjo babando, muitas que desafiaram a tudo e a todos só pelo fato de estarem na grande tela mágica do cinema.