Update felino parte 2: meet Vincent van Gogh

Na primeira parte dessa história eu falei sobre como a família aqui de casa aumentou e depois de como perdemos um membro muito amado. E eu só escrevi esse post depois de tanto tempo porque algo maravilhoso aconteceu. Pois é, esse algo maravilhoso é a chegada de mais um bebê felino, o Vincent van Gogh.

No dia 24 de março eu me deparei com uma bolinha de pelos laranja no meu caminho e me apaixonei de cara por aqueles olhinhos azuis que me olhavam curiosamente. Liguei para o Ju e perguntei se eu poderia levar ele para casa (afinal, já são quatro boquinhas felinas para alimentar e não dá para levar todo gato que encontro para o apartamento). Com a condição de que para compensar os gastos com o bichano (vacina, consulta, vermífugo e todas as coisas necessárias para garantir uma infância saudável) eu não ganharia presente de aniversário, eu pude levá-lo para casa.

Cheguei em casa com aquele pacotinho e de cara já o apresentei aos seus novos manos. Gandalf e Willow foram os primeiros a chegarem perto e cheirar, ops, se certificar da novidade. Smeagol ficou um tanto cabreiro, mas se rendeu ao charme do ruivinho. Salem foi o último (dois dias depois) a chegar perto, mas hoje (apenas duas semanas depois) já é o irmão mais chegado. Eles se deram tão bem que o van Gogh adotou o Salem como uma espécie de ma?, tentando mamar nele a toda hora. É tão lindo ver como eles se deram bem. Apenas alguns fuuus ocasionais por chegadas surpresas muito drásticas.

Na segunda-feira, dia 06 de abril, eu o levei ao veterinário para pesar e desverminar, além de agendar as vacinas. Por enquanto são 600 gramas de gato, nenhuma doença, tudo certinho. Agora é só vacinar na próxima semana, castrar quando estiver com uns 4 meses e dar muito amor. Então vou deixar aqui algumas fotos desse ruivinho lindo que já conquistou o coração de todo mundo por aqui. Se apaixonem.

Deixe um comentário pelo Facebook

Written by

Cat lady, bookworm, roller derby, vegan, professora de história, amante de histórias. apaixonada por cinema, séries e tem uma baita queda por histórias de zumbis.

3 comments / Add your comment below

- Todos os comentários passarão por moderação antes de aparecer publicamente no blog, dessa maneira espero organizar melhor a interação com os leitores e minimizar o problema de comentários que acabam ficando sem resposta.

- Sinta-se à vontade para dar a sua opinião, seja para concordar ou para discordar, mas, por favor, baseie-se em argumentos.

- Comentários ofensivos, escritos totalmente em letras maiúsculas, com excesso de erros, palavrões ou alheios ao conteúdo do post não serão publicados.

- Todos os comentários são responsabilidade de seus respectivos autores e não refletem, necessariamente, a opinião da autora do blog.

  1. Poxa, histórias como essas de animais sempre me emocionam. Eu sinto uma falta do meu gatinho, pois tive que mudar de cidade e no meu apartamento não aceitam animais..:(

Deixe uma resposta

CommentLuv badge

%d blogueiros gostam disto: